25 de maio de 2015

VINTE E SEIS

Maio é um mês de muitas comemorações por aqui. Além do dia das mães, temos o aniversário da minha irmã mais velha que é uma semana antes do meu, ela dia 9 e eu dia 16. Então no sábado foi dia de festa! Mas comemorar de verdade foi só no domingo mesmo. E tem o dia em que comemoro aniversário de namoro, que foi dia 18! 4 anos! 

Fazer 26 é uma aventura e tanto, nunca imaginei chegar nessa idade tão bem resolvida e "crescida" como sou hoje. A gente sempre acha que aos 20 já vai ser um adulto com a vida feita e o emprego dos sonhos, vai saber resolver os problemas, morar sozinho e cuidar/ter uma casa própria hauhauhaa só que não e vai andar por aí de cabeça erguida como se fosse o adulto mais sério e responsável do universo. Pfffff HAHAHAH que belo filme seria esse. Mas sim, ainda tenho muito o que crescer e aprender, enfim...

A verdade é que, ainda seremos eternas crianças e não tem mal nenhum nisso. Ser adulto não te define como pessoa, não define sua personalidade nem seus gostos, é só um estágio da sua vida. Não me vejo nenhum pouco "adulta" ou uma super mulher dessas de comercial de absorvente super feliz, bem sucedida e bem resolvida com a vida, que nada! Sou a Renata de sempre e ainda tenho os mesmos gostos, medos e incertezas, e ainda moro com meus pais. O que é que tem??

Tenho planos sim, mas quem disse que precisa ter pressa? Uma coisa que eu aprendi nesses 26 foi que tudo é no tempo certo. Veja bem, com 18 eu queria sair de casa, com 20 eu queria estar formada e morando sozinha, com 23 morando no exterior num apartamento de tumblr com um gato. Mas estamos aqui, na mesma casa, na mesma rua e com as mesmas pessoas ao redor. É ruim? Nem um pouco!
E estou feliz com essa fase, estou feliz com não ter sido como planejei ou queria que fosse, aos 18 eu não sabia MESMO o que eu queria da vida. Agora eu sei.
Sei que quero passar o resto da vida com o amor que tenho ao meu lado, fazer planos com ele e ser a melhor pessoa do mundo que eu puder ser.

Sabe, chega uma hora em que a gente só precisa de sossego e felicidade. Ter um canto onde possa relaxar e pessoas com quem possa passar bons momentos juntos, ou simplesmente sentar e ver o tempo passar.
A beleza da felicidade é que, não importa o quanto seu dia tenha sido ruim, no final, o que importa mesmo é o amor que você recebe e as pessoas que tem ao seu lado. Isso é felicidade.

Viu, não é difícil. (:




Feliz 26 pra mim e feliz 4 pra nós!

Um comentário

  1. Que mês agitado! Primeiramente quero desejar feliz aniversário para você, sua irmã e que transborde amor em seu relacionamento. E concordo com o que você falou! Quando parei e pensei nos meus 19 anos acreditava que estaria vivendo um mundo completamente do que eu realmente imaginava, mas acho que é uma ilusão de uma idade que construímos (ou talvez uma visão de futuro), na verdade não importa. Acho que a principal questão disso tudo é completar mais um ano de vida e ir em busca daquilo que acreditamos.

    Clichê de Escritora

    ResponderExcluir

me diz o que achou :)

© Pieguices Aleatórias
Maira Gall