11 de abril de 2011

Me responde


Está frio e você não está aqui. Eu insisto nos incansáveis tu's do telefone com a esperança de te ouvir pedindo desculpas pela demora ao atender. Mas ao invés disso, só ouço a mesma voz irritante dizendo que vai me cobrar depois do bip. Se ao menos eu soubesse o porque desse silêncio, eu juro, parava de apertar a tecla Send. Mas nem pra isso você pode me atender.
É estranho como as coisas vão bem num determinado momento e tempos depois não existe mais nada daquilo que se teve um dia. Eu sei que não tivemos nada, mas pra mim foi algo especial, diferente, mas especial. E ficou lá, parado no tempo. Não sei se você pensa, mas eu penso. Quase sempre.
Penso também no dia em que a gente se encontrar de novo, se acontecer. Como vai ser? O que dizer? Ou você não vai me ouvir? Só espero que não seja desastroso e doloroso, o que tende a ser. Sinto sua falta, falta da sua voz, falta das suas mensagens de madrugada. Falta.
Essa palavra tem me acompanhado tanto. Aliás, só a palavra.
Eu só queria uma única resposta pra todas as minhas perguntas. Você sabe meu número e onde me encontrar. Estarei aqui se quiser responder, mas não vou esperar muito pra ouvir.
Tenho mais o que fazer e eu sei que com o passar do tempo eu vou esquecer, assim como você.




Um beijo. ♥

5 comentários

  1. Isso soa bem clichê,mas o tempo cura nossas feridas,sempre ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  2. "Amor eu sinto a sua falta
    E a falta
    É a morte da esperança"

    Se eu pudesse escolher uma trilha sonora pro seu texto, escolheria "Por onde andei" do Nando Reis. E isso porque quando o texto diz em falta, eu lembro do vazio que nem a esperança ocupa. A vontade paira no ar, à espera de ser agarrada na primeira oportunidade. É o telefone que não atende. É a vontade de correr pra rua e encontrar a resposta lá na esquina. A falta produz a morte. Preencher é o que nos resta.

    ResponderExcluir
  3. eu recebo teu carinho de braços abertos e peço licença para entrar e me aconchegar nesse seu cantinho cheio de bonitezas porque foi através de pessoas como você, que escreve com o coração, que eu aprendi a olhar e agir com as pessoas de uma maneira mais sensível e compreensível.

    um beijo

    ResponderExcluir
  4. Tocante seu texto^^
    Adorei a frase"Eu só queria uma única resposta pra todas as minhas perguntas."as vezes eu também desejo uma resposta, uma solução, sei lá uma luz. Gostei bastante, voltarei mais vezes! Beijos

    ResponderExcluir
  5. Eu já li textos enormes, pequenas frases, textos de pessoas famosas, de algumas que ja morreram, mas nenhum me rendeu lagrimas como agora, lembrar do passado dói demais mas a não resposta do outro lado da linha termina de despedaçar o coração...

    ResponderExcluir

me diz o que achou :)

© Pieguices Aleatórias
Maira Gall